A INVESTIGAÇÃO E A COMUNICAÇÃO

A INVESTIGAÇÃO E A COMUNICAÇÃO

Ao se pretender fazer uma pesquisa, de qualquer natureza, deve-se desde o início, juntamente com a escolha do assunto, fazer um projeto. O projeto garante a execução da pesquisa. Prevê os recursos materiais e humanos e o tempo necessário para a mesma. Sem essa previsão, a pesquisa corre o risco de não poder ser concluída ou ser feita de forma inadequada.
Pesquisar não é tarefa fácil, mas trabalhosa, paciente e demorada. Os resultados a que se chegam, significativos ou não, sendo válidos serão propriedade exclusiva do investigador. A verdade não tem dono, é patrimônio comum da humanidade. Por isso, feita à investigação científica, os resultados devem ser divulgados.
A investigação e a divulgação são dois grandes momentos da pesquisa.

A investigação científica

 

A investigação científica é desenvolvida através de diversas etapas ou tarefas específicas, chamadas também de fases da pesquisa.

 

- Escolha do assunto

Ponto importante e precedido por momentos de vacilação e angústia.

O assunto deve ser do agrado do pesquisador e adequado aos recursos intelectuais e materiais. Deve ter documentação suficiente, disponível e de fácil acesso.
Deve-se evitar a perda de tempo com abordagem de temas amplos que só conduzem a visões superficiais e generalizadas infrutíferas – estudo em sentido horizontal – com a delimitação do assunto. É a fixação do tópico, da questão básica, do dado cientifico que deve ser focalizada e aprofundada. É o estudo em sentido vertical.

 

- Formulação de problemas

 

Escolhido os temas, fixados de seus limites e de posse dos recursos materiais humanos fornecidos pelo projeto, a pesquisa, a rigor, ainda não começou.
Pesquisar é procurar responder, através de processos científicos, a dúvidas e problemas que devem ser formulados. Só assim se desencadeia todo o processo de investigação.

- Estudos exploratórios

Os problemas levantados orientam a tarefa de reunir os documentos, instrumentos e materiais necessários à pesquisa. Antes e passar ao estudo através da leitura séria e dos apontamentos, deve-se ter a certeza de que todos os documentos importantes foram identificados, localizados e fichados.
Nesse levantamento deve-se dar prioridade aos documentos-fonte, originais ou primários, sobre os secundários, derivados ou trabalhos a respeito dos originais.
- Coleta, análise e interpretação de dados.
É a fase mais demorada e difícil. È o momento da leitura, da reflexão, da análise, da diferenciação, da comparação e dos apontamentos.
Elaboram-se as provas, os argumentos e a demonstração.
Concluída essa etapa, a pesquisa, a rigor, está feita. Encontrou-se a resposta ao problema formulado. A resposta pode ser precária ou definitiva. Mas é uma resposta.

Leave a Reply

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
WhatsApp chat WhatsApp 11-99832-9604